Igreja de Santo António

A Igreja de Santo António começou a ser construída em 1606 destinada aos frades Capuchos. As dependências conventuais acabaram por ser destruídas no séc. XVII, ficando apenas o pequeno claustro e a igreja que foi entregue à Confraria de Santo António em 1856. É um templo bastante simples arquitectonicamente.

A nível artístico importa destacar as pinturas a fresco do séc. XVII da abóbada da capela-mor, o retábulo em estilo rococó e o conjunto escultórico de figuras de barro, em tamanho natural, representando três episódios da vida de Santo António em Pádua, onde morreu. Feito no séc. XVII, é designado por “Trânsito de Santo António”.


Fotografia: commons.wikimedia.org

Coordenadas: 37.119709,-7.647676