Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

A construção da primitiva igreja da Ordem Terceira de São Francisco iniciou-se no final do séc. XVII. Considerada pequena para a afluência de fiéis, sofreu ampliação desde meados do séc. XVIII até às primeiras décadas do séc. XIX, quando foi concluída a fachada.

No interior, destacam-se os belos exemplos de painéis de azulejos, nomeadamente os azulejos historiados do séc. XVIII que revestem as paredes da capela-mor e os azulejos da abóbada, com um valioso painel policromo ao centro representando a Coroação da Virgem. O conjunto azulejar, em azul e branco, integra-se no Ciclo dos Mestres do séc. XVIII e foi realizado entre 1720 e 1730.

Merece referência um importante conjunto de pinturas italianas do séc. XVIII, com cenas da vida de São Francisco e de imagens de roca. As imagens são compostas por um esqueleto ou armação de madeira apenas com os braços e a cabeça esculpidos. Eram vestidas de acordo com o calendário litúrgico e normalmente utilizados nas procissões das Cinzas e das Dores. Foram feitas em 1746 pelo escultor farense Miguel Nobre.

Anexa à Igreja, nas antigas dependências conventuais, funciona a Escola de Hotelaria e Turismo.


Fotografia: viajaredescobrir.blogspot.pt

Coordenadas: 37.012190,-7.931075