Igreja da Misericórdia de Tavira

Arquitectonicamente é considerada uma das Igrejas mais valiosas de Tavira, devido aos elementos renascentistas no portal e no interior, únicos na região do Algarve.

A Santa Casa da Misericórdia foi estabelecida em Tavira nos inícios do séc. XVI. Inicialmente detinha apenas uma capela lateral no convento de São Francisco. Em 1541, André Pilarte, mestre pedreiro residente em Tavira, foi encarregue da construção da Igreja da Misericórdia.

Por cima do portal renascentista, podemos ver um nicho com a imagem de Nossa Senhora da Misericórdia, ladeado pelos escudos de Portugal e da cidade e por dois alto-relevos representando São Pedro e São Paulo.

No interior, destaca-se a decoração renascentista das colunas (constituído pela adopção de carrancas para os capitéis) e os retábulos do altar-mor e das capelas colaterais, bons exemplos de talha dourada do séc. XVIII. Nas paredes, o revestimento azulejar do séc. XVIII é digno de nota, representando as obras da Misericórdia e cenas da vida de Cristo. Pode ainda visitar-se um pequeno claustro anexo.

Após o terramoto de 1755, a Igreja foi utilizada como Matriz até 1800, quando a nova Igreja Matriz de Santa Maria foi inaugurada.


Fotografia: commons.wikimedia.org

Coordenadas: 37.125774,-7.650665